HISTÓRIA de P O R T U G A L

(Resumo)

 

 

III Dinastia

Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro

 

 

 

 

Filipe III  de Portugal (IV  de Espanha) -

"O  Opressor"

Reinou de 1621 a 1640

 

Escudo dos Habsburgos

Filipe III

 


Este rei, que a história cognominou de “Grande”, mas que para os portugueses foi o “Opressor”, fez quanto pôde no sentido de acabar com a poucas regalias com que os portugueses ainda usufruíam. A sua política traduzia-se nisto:
- Reduzir Portugal a uma simples província espanhola, e esse plano estava sendo executado pelo seu primeiro ministro, o conde-duque de Olivares;
- Os portugueses era obrigados a servir nas guerras em que a Espanha andava envolvida com outras nações;
- Os impostos continuavam a aumentar;
- A Indústria e a agricultura foram desprezadas.
Enfim: era a nossa completa ruína.
Para que a desgraça fosse completa, os holandeses, franceses e ingleses iam-nos desapossando de grande parte do domínio ultramarino.
Assim, perdíamos:
No Brasil: Bahia, Pernambuco e Recife;
Na África: Arzila, Angola, São Tomé, e São Jorge da Mina;
No Oriente: Ormuz, Mombaça, as Molucas, etc.
Este estado de coisas ia preparando a revolta na alma dos portugueses. A tentativa mais importante manifestou-se em Évora em 1637 (Revolta de Évora – ou do Manuelinho) que foi sufocada violentamente.
Todavia, a semente da revolução, então lançada por esse punhado de patriotas, havia de germinar muito em breve.
Portugal queria voltar a ser livre.


Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro – Marinha Grande - Portugal