Portal CEN - Pesquisas Carlos Leite Ribeiro ***

 

Click for Lisboa, Portugal Forecast

Dia Mundial do TSF

James

Maxwell

Cientista

 inglês

 

Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro

Formatação: Iara Melo

Dia Mundial da TSF

25 de Abril 

 

Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro

 


O cientista inglês James Maxwell concluiu em 1831 que a eletricidade se move no espaço de forma muito semelhante à luz, que naquela época já era reconhecida como uma forma ondulatória de energia. Por isso, ele acreditava que haviam formas de ondas elétricas que mais cedo, ou mais tarde, alguém descobriria. E isso realmente aconteceu. O alemão Henrique Hertz baseado nos estudos do próprio Maxwell, concluiu em 1885 que estas ondas realmente existiam, encontrando-as em experiências produzidas por arcos de centelhamento. Seu instrumento, o primeiro aparelho transmissor e receptor que se conhece, era muito simples: consistia em um gerador de centelhas e em um fio retorcido, colocado à alguns metros de distância de sua base. As centelhas propagavam-se pelo espaço através do ar e ele, na escuridão, podia distinguil-as com uma lente todas as vezes que tocavam o arco de fio. As experiências de Hertz foram retomadas por muitos pesquisadores que buscavam aperfeiçoar seu equipamento. Na Rússia, o físicoAlexandre Poppov serviu-se de um sistema de antenas colocadas na estação receptora e descobriu naquela época, os princípios de propagação das ondas de rádio. Em 1895, o italiano Guglielmo Marconi havia terminado suas pesquisas para iniciar seus novos projetos de telegrafia sem fio, mas sem incentivos do governo italiano, mudou-se para Londres, onde patenteou o seu inovador sistema T.S.F (Telegrafo sem Fio). Dois anos depois, o próprio Marconi já projetava seus transmissores e realizava cada vez mais, transmissões experimentais de grandes distâncias com seu novíssimo T.S.F.
12 de Dezembro de 1901 - A primeira transmissão.
Em Março de 1898, Marconi organizou um grande grupo de empresários e investidores que acreditavam em seus projetos e iniciou a montagem de sua grande proeza: a primeira transmissão intercontinental de rádio. Sua equipe instalou em Cornwall, costa Oeste da Inglaterra, uma grande estação de transmissão, munida do sistema de Telegrafia sem fio, TSF e enormes antenas transmissoras, instaladas com radiais com pelo menos 100 metros de altura. Do outro lado do Atlântico, na província de Terra Nova, no Canadá, Marconi instalou a sua maior antena, com mais de 120 metros de altura e aproximadamente 1800 metros de fios e cabos. Sua equipe instalou também, vários receptores diferentes pois a frequência de transmissão seria "aproximada" o que obrigava a toda a equipe manter-se "na escuta" dos sinais transmitidos. Finalmente, no que o relógio marcava 12:30, Marconi recebeu uma ligação telefônica que informava do início das transmissões na Inglaterra. Os receptores de Marconi registravam finalmente a grande façanha da humanidade naquela época: ouviram claramente os três sinais pausados que em Código Morse correspondem à letra "S", transmitiam desde a Inglaterra. Era o nascimento do rádio, que desde então aprimorou-se e desenvolveu a vida humana em poucos anos. Marconi fez de tudo para conseguir superar seus problemas financeiros que o abalavam na Itália. Morou por 11 anos em Londres, onde além de patentear o Telégrafo-sem-Fio, registrou a primeira patente dos receptores de rádio, que por sinal eram fabricados em sua empresa, a Marconi Radio Company. Rapidamente, com a venda de cotas de investimento e o licenciamento para a fabricação de distribuiçào de seu famos T.S.F, Guglielmo Marconi fez fortuna. Batizou de Elektra, seu Iate devidamente equipado com o que havia de mais moderno em radiocomunicação e desenvolveu uma rede de representações ao redor do mundo para fabricar e comercializar seus produtos. Em 1909, o navio Republic, transatlântico de alto nível salvou-se de uma tragédia graças à existência de um equipamento de T.S.F. instalado a bordo. Em 1912, a tragédia do transatlântico Titanic só ganhou o mundo, graças novamente ao T.S.F, que instalado, permitiu que o radiotelegrafista emitisse seinais de socorro que infelizmente só foram ouvidos por dois navios. O Carpatia, primeiro a chegar ao local, e o Splendor. Isso aconteceu porque muitos navios não dispunham do sistema de T.S.F. instalados e somente aqueles que puderam ouvir os sinais pelo rádio puderam socorrer o Titanic.
Em Portugal, eram já muitos os que tentavam, às suas custas receber emissões, criando receptores que na maioria dos casos não funcionavam. Mas em tudo há excepções, e um desses curiosos merece o devido destaque, já que conseguiu ultrapassar e vencer a incompreensão e desanimo de muitos, até chegar à montagem de uma verdadeira estação de Rádio. Abílio Nunes dos Santos, o primeiro rádioamador português
Abilio Nunes dos Santos foi esse homem. Dirigiu a estação que passaria à história sob a denominação CT1 AA. O seu esforço valeu bem a pena já que este projecto viria a ser desenvolvido e prosseguido por Américo dos Santos, que conseguiria constituir uma das mais populares estações emissoras na altura: A Rádio Graça. Alguns interrogam-se sobre a origem do nome desta estação já que os seus maiores momentos foram passados e vividos não no velho bairro Graça mas sim numa vivenda do Restelo. No entanto foi na Graça que o seu fundador criou todas as condições para emitir e daí a denominação.
A 25 de Outubro de 1925 surgiram as primeiras emissões que eram preenchidas por mensagens de saudação ao auditório desconhecido. Afinal até onde chegaria o sinal de rádio que era enviado? Nem o próprio Américo Santos sabia. Só algum tempo depois, recebeu uma carta de Tomar informando-o da recepção do sinal com qualidade razoável. Até finais dos anos 40 a loucura radiofónica traduzia-se na montagem desenfreada de emissores e de estações que, em disputa, poderiam ter posto em perigo o normal desenvolvimento das mesmas. Incluído nesta onda de euforia, o Porto via nascer, em Maio de 1930, a primeira estação do norte: A Rádio Sonora. A iniciativa surgiu, na altura, de 3 irmãos. Um
deles, Antero Calheirosa Lobo. Instalou-se no nº249 da rua Sá de Bandeira, num edificio que viria a ser totalmente ocupado pela emissora. Pena foi que o emissor fosse bastante fraco, já que ao nível de instalações a rádio Sonora era das melhores.
Quem já teve a oportunidade de ver o filme "O PÁTIO DAS CANTIGAS" certamente se recorda do "Alô, alô D. Rosa, chegou a sua filha", e das experiências do famoso Engenhocas. Pois bem, este poderia ser o retrato das primeiras transmissões radiofónicas realizadas em Portugal a partir dos anos 20. Embora a generalidadedas emissões sejam efectuadas por amadores que consoante o seu entusiasmo e tempo livre vão emitindo para o seu bairro, música, declamações de poesia ou peças de teatro, realizadas quase sempre pelo grupo dramático da própria estação, o posto emissor CT1AA era uma excepção, sendo a primeira estação nacional profissionalizada. Naquele tempo tinha linhas telefónicas directas para o Teatro Nacional, Sociedade de Geografia, Teatros Variedades e Maria Vitória e um segundo estúdio de dimensões consideráveis na Rua do Carmo, onde poderia acomodar mais de uma centena de músicos, para além do público que nesta época assistia aos programas. Com o rápido desenvolvimento da Rádio, foi publicado em 1930 o primeiro diploma legal sobre a TSF (Telegrafia Sem Fios). Entre 1931 e 1933 surgem novos postos emissores entre os quais, a Alcântara Rádio, o Clube Radiofónico de Portugal, Rádio Rio de Mouro e Rádio Clube da Costa do Sol iniciam a sua actividade em 1931, a Invicta Rádio, Radio Clube Lusitânia, CT1DS, Rádio Graça, Rádio Luso e Rádio Amadora em 1932, e no ano seguinte a Rádio Peninsular e a Radio São Mamede. A maioria dos postos emissores emite em directo para os seus bairros, embora alguns tenham possibilidade ser escutados fora deste círculo. Por esta altura as estações emissoras têm horários diferentes, mantendo as suas emissões a poucas horas maioritariamente à noite, entre as 22 e as 23 horas, havendo no entanto quem emita entre a meia noite e as duas da manhã, sendo a programação anunciada em revistas semanais como a Rádio Magazine ou a Rádio Novidades. Em Maio de 1932, realizou-se o I Congresso Nacional de Radiotelefonia promovido pelo jornal "O Século". Por imposição do Estado Novo não é autorizada a emissão de publicidade, alegando que os postos não devem ser um instrumento para a especulação comercial, o que constituiu a muito curto prazo um grave entrave ao desenvolvimento técnico dos postos emissores. Devido a esta medida muitos postos emissores vão acabar a breve prazo, abrindo espaço à criação de Estações com cobertura Nacional. O Radio Clube Português, resultante do crescimento do Rádio Clube da Costa do Sol, propriedade de Jorge Botelho Moniz - CT1GL, oficial do Exército que tomou parte no 28 de Maio de 1926, e que mantinha boas relações com o Estado Novo, inaugurou em 1934 umas modernas instalações com a presença do Presidente da Republica. Para se ter noção do desenvolvimento e da profissionalização desta estação, bastará dizer que já nesta altura estava equipada com as primeiras viaturas de exteriores existentes em Portugal, e que foi autorizada a explorar a publicidade a partir de 1936, quando já emitia até à uma hora da manhã. O nome de Jorge Botelho Moniz e o seu indicativo CT1GL ficaram também na historia da Rádio, devido ao primeiro relato radiofónico de um jogo de futebol realizado no ano de 1933 em Lisboa, entre as selecções de Portugal e da Hungria. O Estado Novo consciente do poder da TSF, decidiu construir a sua própria Estação emissora, a exemplo do que vai acontecendo por essa Europa fora. Em 1933 por decreto-lei assinado pelo Ministro Duarte Pacheco, é criada a Emissora Nacional, embora a sua inauguração só ocorra em 1935. Com o surgimento da Emissora Nacional, o posto emissor de CT1AA, encerra as suas emissões, nesta altura já com um grande leque de ouvintes nas Colónias de África e na emigração. A igreja católica atenta também a este fenómeno, avança em 1937 com a criação da sua própria emissora, a Rádio Renascença, cujos fundos iniciais foram angariados junto de fiéis de todo o país. Mesmo com o aparecimento das poderosas estações entretanto criadas, em 1940 ainda se encontravam a transmitir 298 postos de amadores e mais de duas dezenas de estações particulares.
Na rádio desse tempo a competitividade Lisboa-Porto já existia, como hoje de resto. Assim registam-se nomes no Porto como: Rádio Porto ; Sonoro Rádio ; Ideal Rádio. Em Lisboa : Rádio Hertz ; Rádio Luso ; Rádio S.Mamede ou Rádio Peninsular. Estas rádios já apresentavam programações de luxo em que o especial destaque era dirigido às radionovelas de teatro Português. As emissões raramente excediam as 3 horas com programação musical. Apesar das disputas, as emissoras mantinham uma grande unidade entre si. Desta forma, combinavam-se os horários de emissão entre todas e desde as 14 até às 24 horas, todos faziam a sua emissão. A vantagem era toda dos ouvintes que podiam escutar todos os programas a horas diferentes, já que nunca havia duas estações a emitir ao mesmo tempo. Desde então até aos dias de hoje a rádio evoluiu bastante.
Em Portugal houve dois marcos importantes e foram determinantes na evolução da rádio no País. Sem dúvida que um deles reporta a 1975, altura em que diversas estações foram integradas na RDP. Os documentos de arquivo existentes mostram que pelo menos 8 rádios tiveram essa sorte: Rádio Graça ; Emissora Nacional ; Rádio Clube Português ; Rádio Voz de Lisboa ; Rádio Peninsular ; Rádio Ribatejo ; Alfabeta e Rádio Alto Douro. Tal integração aconteceu devido à Nacionalização da radiodifusão em Portugal pelo estado Português desde o dia 2 de Dezembro de 1975. Curiosamente, quase 13 anos depois, surgia a 2ª grande revolução, que resultou no mais importante processo de remodelação da Lei da Rádio com resultados práticos. Mas para explicar melhor esta "2ªrevolução" é necessário voltar alguns anos atrás. Após a Nacionalização a rádio portuguesa sofreu um revéz bastante acentuado. A existência de um monopólio RDP / RR, impediu que o sector se desenvolvesse normalmente até que em 1984 algo começa a mudar e surgem as chamadas... Rádios Piratas ; Estas rádios também chamadas de "livres", reflectiam a falta de legislação sobre radiodifusão e à inexistência Juridica que impedia que grupos económicos privados pudessem abrir as suas próprias estações. Estas rádios que mais tarde serviriam de jurisprudência, criaram uma situação ilegal que mais tarde o estado teve de resolver. O "surto epidémico" começou em Lisboa. Uma das primeiras rádios a surgir foi a Rádio Cidade, hoje uma das populares estações em Portugal. Curiosamente os principais responsáveis por este projecto eram e são de origem Brasileira. O facto de o sotaque ser diferente impulsionou desde logo esta rádio. Lisboa viu nascer, na altura, várias estações ao nível em que quase em todas as localidades existia um pequeno emissor, um pseudo-locutor, e muita música. A rádio perdia então muita da conversa que a havia preenchido nos anos passados. A pluralização criou-se num fenómeno que só terminaria em 1988. As  condições destas rádios eram, aos olhos de hoje, inimagináveis. A receita passava pelo emissor, 2 pratos, uma mesa de mistura e pouco mais. Os operadores eram, na sua maioria, amadores. Os chamados "curiosos" amantes da comunicação e que tornaram a rádio menos formal e mais dinamica. Neste caso a inexperiência jogou a favor destas pessoas. A Rádio Cidade foi disso um exemplo. A comunicação solta, descontraída, e claro a pronúncia, fêz escola nas rádios nacionais. Na Amadora surgiram em 1985 e 86 várias estações: Rádio Regional da Amadora ; Rádio Horizonte ; Rádio Nova Europa ou Rádio Mais. Em Lisboa estações como: TSF ; Correio da Manhã Rádio ; Rádio Geste. São alguns exemplos de rádios piratas que sobreviveram.
Legalização : Perante esta parafernália o governo decidiu, finalmente, intervir. Em 24 de Dezembro de 1988 mandou encerrar todas as rádios "piratas". Todas elas puderam então apresentar o seu projecto de Legalização e perante condições, estruturas, motivações e outros indicadores, o governo decidiu uns meses depois quem deveria continuar e quem teria de encerrar os seus emissores. Em meados de 1989, começavam a aparecer as primeiras rádios privadas e legais em Portugal, num processo que, embora tardio, permitiu adequar a quantidade de rádios ao mercado nacional Português. Segundo o Governo o nº de rádios diminuiu para menos de metade. E desde então têm-se assistido à fusão de rádios nos grupos económicos mais fortes, diminuíndo ainda mais o seu numero. O panorama actual é disso exemplo, havendo hoje estações que adquiriram pequenas rádios para difundir em maiores àreas nacionais espalhadas pelo país. Rádios como: TSF ; Rádio Cidade ; Rádio Nova ; Rádio Nova antena ; Rádio Nostalgia e outras, são exemplos de estações que emitem hoje para vários pontos do país de Norte a Sul. Um processo longo que parece ter estabilizado nos dias de hoje.

 

Fonte: Revista "Radiodifusão" Março de 1981:
1600 - William Gilbert inventa o "Electroscópio"e realiza estudos sobre magnetismo. Ele estabelece uma ligação entre a electricidade estática e o magnetismo.
1678 - O matemático Huygens anuncia a teoria ondulatória da luz.
1729 - Stephen Gray e Granvil Wheeler constroem a primeira linha eléctrica (na Inglaterra). Neste feito, utilizam uma corda de cânhamo humedecido, com 200 metros de comprimento.
1745 - Padre van Musschenbroek de Leyden descobre com a famosa garrafa de Leyden, o primeiro condensador.
1780 - Galvani faz experiências com ranas sobre electricidade animal.
1799 - Alechandre Volta descobre a pilha.
1800 - Von Ritter observa os efeitos químicos da electricidade.
1819 - Hans Christian Oersted ( Dinamarca ) observou as propriedades magnéticas de uma corrente eléctrica.
1821 - André Marie Ampère ( França ) estabeleceu a relação entre a electricidade e o magnetismo.
1825 - Georg Simon Ohm ( Alemanha ) estabelece a lei que leva seu nome "OHM". Propôs a relação R=V/I que se tornou conhecida como a lei de OHM - A corrente que circula em um circuito com resistência de 1 Ohm submetida a uma tensão de 1 Volt é de 1 Ampere.
1831 - Michael Faraday ( Inglaterra ) e Joseph Henry ( EUA ) descobrem a "indução electromagnética" entre dois circuitos separados. A publicação dos trabalhos de Faraday em Novembro de 1931, precedeu a de Henry em alguns meses.
1837 - Samuel F.B. Morse ( EUA ) exibe e testa o primeiro aparelho telegráfico com fios a uma distância de 500 metros.
1838 - K.A. Steinheil de Munique, mostra que um dos dois fios usados na telegrafia poderia ser dispensado com o uso de um fio " terra " . Ele olhou bem à frente, a um tempo em que o segundo fio também poderia ser eliminado, e ' telegrafia sem fios' poderia ser usada.
1840 - Morse cria um novo alfabeto telegráfico.
Joseph Henry produz oscilações de alta frequência e comprova que a carga de um condensador é oscilante.
1842 - Joseph Henry chama a atenção para as descargas oscilatórias da "garrafa de Leyden", ou condensador ( O efeito notado por Henry era provavelmente devido à indução com um pequeno ou nulo efeito da radiação electromagnética ).
Alexander Bain ( Inglaterra ) inventou o telégrafo de gravação electroquímica que estabeleceu os princípios da gravação do Fac-símile.
1844 - Samuel F.B. Morse envia, em 24 de Maio, a primeira mensagem a distância através do Telégrafo - aproximadamente 40 milhas.
A mensagem - " Que Deus seja louvado!"
O Telégrafo através de fios e o Código Morse é o primeiro sistema de comunicação a longa distância que o mundo conheceu.
1846 - Faraday sugere que a luz e a electricidade podem ser diferentes manifestações da mesma força.
1850 - Daniel Ruhmkoff, mecânico Alemão, constrói um aparelho de indução que transforma a baixa tensão de uma pilha em alta tensão. Foi utilizado como primeiro emissor de ondas electromagnéticas.
1853 - Julius Wilheim Gintl, físico australiano, demonstra que é possível enviar através de uma linha telegráfica, várias mensagens simultaneamente.
1858 - Entra em funcionamento o primeiro cabo submarino transatlântico. Este cabo falhou após algumas semanas de funcionamento. O primeiro cabo com sucesso foi lançado em 1866.
1863 - Em Cambridge, Inglaterra, James Clerck Maxwell, professor de física experimental, demonstrou teoricamente a provável existência das ondas electromagnéticas, sem constatação prática.
Foi o primeiro a estabelecer o conceito fundamental de ondas electromagnéticas por pura dedução matemática. Do seu trabalho resultaram em 1864 as Equações de Maxwell que indicavam a existência de ondas electromagnéticas que mais tarde foram demonstradas em laboratório por Hertz.
Através destas equações, Maxwell demonstrava a velocidade da luz que estabeleceu em 3 x 1010cm/s. Maxwell acreditava que a luz era uma forma de radiação electromagnética.
1864 - James Clerk Maxwell formula as " Equações de Maxwell " que trata das acções das ondas electromagnéticas.
1865 - Mahlon Loomis transmite mensagens telegráficas sem fios entre duas montanhas em Virgínia.
1867 - Siemens constrói o primeiro dínamo.
1870 - Von Bezold descobre que a descarga de um capacitor produz interferência.
1872 - Em 30 de Julho, é concedida Patente no 129,971 a Mahlon Loomis pelo Governo dos Estados Unidos para uma forma de comunicação sem fios.
1874 - Branly faz a primeira transmissão de energia, acendendo de Paris, a iluminação de Londres.
Karl Ferdinand Braun demonstra que a circulação de corrente através de um cristal de "carborundun" é menor em um dos sentidos.
1875 - Estabelecido o primeiro serviço permanente de notícias por cabo.
Alechandre Graham Bell inventa um microfone ( transdutor magnético ) que podia trabalhar também como auricular.
Werner Siemens mostra que a electricidades caminha ao longo de um fio com uma velocidade aproximadamente igual ao de luz.
1876 - Alechandre Graham Bell demonstra o telefone
1877 - Emile Berliner inventa o microfone.
Hughes descobre um tipo de detector, possibilitando a demonstração prática do "Cohesor".
Thomas A. Edison regista o som em cilindros. A primeira gravação - " Mary tem um pequeno cordeiro ".
1878 - Edson começa a trabalhar no invento da luz eléctrico
1879 - A Academia de Ciências de Berlim oferece um prémio para o cientista que puder demonstrar experimentalmente que um campo eléctrico variável gera um transigente de campo eléctrico passageiro, e vice-versa. O desafio é levado a sério por, entre outros ... Heinrich Hertz.
Hughes inventa o microfone a carvão.
1882 - Dolbear obtém a primeira patente sobre um aparelho para transmitir sinais sem fios, conseguindo estabelecer comunicação entre dois pontos distante 1000 metros entre si.
Tomás A. Edison descobre o efeito "Edison" nas lâmpadas incandescentes, possibilitando o início das válvulas termiónicas.
1883 - O Efeito Edison é descoberto enquanto Thomas Edison tentava achar um modo para manter o interior das suas luzes eléctricas livre de fuligem. Ele na verdade colocou um prato de metal dentro do bolbo e conectou um fio, com isto criando um diodo! Infelizmente, ele não percebeu as implicações - ou não teve tempo para estudar na ocasião, por causa de outros interesses. Edison patenteia o Fusível.
1885 - Edouard Branly começa seu trabalho investigando a transmissão de impulsos nervosos. A sua pesquisa durante os próximos anos resultará no que será chamado depois de ' correr ' - um dispositivo para detectar ondas Hertzianas.
Edson obtêm a patente no 465.971 sobre um sistema de comunicações sem fio.
Preece efectua uma comunicação telefónica entre dois lugares distantes 750 metros.
1887 - Heinrich Hertz prova a teoria de Maxwell que a electricidade pode viajar pelo espaço em forma de ondas. Ele demonstrou que estas ondas compartilham as mesmas propriedades físicas da luz.
Hertz detectou, fazendo saltar faíscas através do ar que separavam duas bolas de cobre, o princípio da propagação radiofónica. As ondas antigamente identificadas como "quilociclos" passam a se denominar "ondas hertzianas".
Heaviside consegue estabelecer comunicação entre a superfície da terra e uma câmara subterrânea.
1890 - Branly constrói seu detector de ondas electromagnéticas, posteriormente conhecido como "cursor"
Michael Pupin estuda as descargas em válvulas , e inventa um ressonador eléctrico. Até seu falecimento, em 1935 ele recebeu 34 patentes, usadas em telefonia e telegrafia.
1892 - Preece estabelece comunicação entre dois pontos por indução e condução.
Thompson obtém do governo francês a patente no 500.630 sobre um sistema de transmissão por arco em altas frequências.
Popov, baseado em informações de Branly, melhora o cursor, adicionando-lhe um vibrador.
1893 - Padre Roberto Landell de Moura, um brasileiro, realizou a primeira transmissão de palavra falada, sem fios, através de ondas electromagnéticas.
Fitzgerald sugere um procedimento para a geração de ondas electromagnéticas através do espaço.
1894 - Sir Oliver Lodge melhora o detector Branly chamado de cursor usando-o para transmitir mensagens em código morse a uma distância de 50 metros, inaugurando a "T.S.F." ( Transmissão sem Fios ).
Guglielmo Marconi lê sobre a descoberta de Heinrich Hertz sobre ondas electromagnéticas.
1895 - No mes de Abril, Popov leva ao conhecimento da Sociedade Russa de Física e Química, um aparelho por meio do qual, obtém registos das descargas eléctricas atmosféricas, dando origem posteriormente à antena.
1896 - Marconi, baseando-se em trabalhos de Hertz, Popov e Branly, consegue comunicar-se a uma distância de dois kilómetros, utilizando-se para tal feito, espelhos parabólicos.
Marconi transporta a sua invenção "transmissor de sinais sem fios" para a Inglaterra. Durante a entrada no país, funcionários da alfândegas nervosos esmagam o aparelho sob suspeita de ser parte de um enredo anarquista italiano. É Patenteado seu sistema de "T.S.F.", constituindo-se a primeira patente do género. (RADIO). "Aparelho de transmissão de impulsos eléctricos e de sinais".
1897 - Marconi forma a "Wireless Telegraph & Signal Company" constituindo-se na primeira sociedade comercial de rádio.
Marconi consegue estabelecer comunicação entre Bath e Salisbury na Inglaterra.
O.J. Lodge inventa um sistema de sintonia que permite receber várias emissoras em um único receptor.
É instalado por Marconi em Novembro, a primeira estação comercial de "T.S.F." na ilha de Wight, Inglaterra.
Joseph John Thompson descobre a existência do "Eletron".
1898 - Primeira utilização da Radiotelefonia por um periódico em Dublin, Irlanda.
Ducretet estabelece comunicação sem fio entre a torre Eifel e o Panteão -4 km-.
Marconi instala o primeiro serviço de rádio do mundo na ilha Rathlin, costa da Irlanda.
1899 - O sistema de comunicação sem fios de Marconi é adoptado comercialmente em barcos.
É formada a primeira companhia de transmissão telegráfica sem fios nos EUA com o nome de "American Wireles Telegraph Company".
Marconi estabelece comunicação através do canal da Mancha ( 50Km) e manda a seguinte mensagem: "O Sr. Marconi envia ao Sr. Branly seus respeitosos cumprimentos pelo estabelecimento da telegrafia sem fio através do canal da Mancha; estes resultados se devem em grande parte aos trabalhos do Sr Branly".
Comunicação sem fios entre navios de guerra ingleses a uma distância de 85 milhas ( 135 Km ).
Marconi chega em Nova Iorque com seus equipamentos de transmissão de sinais sem fios para emitir relatórios de rádio em um raid de iate.
1900 - Arthur Lee de Forest obtêm várias patentes nos USA sobre sistemas de radiação.
Reginald Fessenden teoriza que um alternador, como o desenvolvido por Tesla, poderia gerar uma onda electromagnética capaz de levar voz e música. Ele usa um gerador de faísca para enviar a voz humana a distância de cerca de uma milha.
1901 - Marconi estabelece em 12 de Dezembro comunicação telegráfica entre St. Johns e Poldhu ( Cornualha ) situados a 1800 milhas de distância, recebendo a letra "S" ( usou um transmissor de faísca de 35 K W ). John A. Fleming estava no transmissor na Inglaterra.
É formada a empresa 'American Telephone & Telegraph Company" nos EUA pelo Dr. Gehring.
Karl Ferdinand Braun introduz o uso do cristal detector nos receptores.
1902 - Poulsen desenvolve o transmissor de arco.
Fessenden obtém nos USA a patente de no706.647 sobre um sistema de modulação por onda persistente.
Reginald Fessenden inventa o 'Detector Electrolítico'.
O detector magnético é inventado por Marconi.
Comunicação de 2099 milhas entre o "Philadelphia", um navio da América do Norte e Poldhu.
1903 - É criada pela Siemens e AEG, a Sociedade Telefunken na Alemanha.
No dia 23 de Agosto é inaugurada as transmissões regulares em código morse desde Poldhu, na frequência de 2800 metros.
Wehnelt obtém a patente de no 157.845 sobre uma lâmpada diodo de dois elementos.
1904 - J.A. Fleming trabalha como consultor científico na companhia de Marconi, e projecta muitas peças de aparelhos transmissor de sinais sem fios. Ele é encarregado em desenvolver um novo detector para sinais de telegrafia sem fios.
Fessenden trabalha na GE no desenvolvimento de um alternador de alta frequência. .F.W. Alexanderson é posto no projecto.
John Ambrose Fleming inventa a primeira válvula, a " Válvula " de Fleming, ou como ele a chamou Oscillation Valve.
Fessenden inventa a recepção por Heterodinação
1905 - G.W. Pickard utiliza o primeiro cristal ( rectificador ) de silício.
1906 - É concedido na Inglaterra as primeiras 68 licenças experimentais para radioamadores.
Arthur Lee de Forest obtém nos USA a patente no 841.378 sobre a lâmpada "Audion". Primeira válvula amplificadora ( Tríodo ).
Duwood descobre as propriedades rectificadoras do "silício".
O ' Alternador Alexanderson' é entregue à estação de Fessendon's. Na Véspera do Natal de 1906 ele transmite voz e música para os surpresos operadores de navios. Ele transmite em 42 Quilohertz com a potência de 1 quilowatt. A programação inclui uma voz feminina cantando alegremente uma canção de Natal, um solo de violino por Fessenden, e um convite para fazer a reportagem de recepção.
Henry H.C. Dunwoody patenteia o uso do carborundum em detectores.
1907 - G.W. Pickard aperfeiçoa o detector a cristal e solicita uma patente para o uso de silício em detectores.
É realizado testes com transmissão de sinais pré gravado.
É estabelecido o primeiro serviço comercial de transmissão de sinais de rádio em transatlânticos por Marconi com estações em Clifden, Irlanda e Baía Glacê, Nova Escócia.
1908 - Fessenden estabelece comunicação entre Brant Rock ( Mass.) e Washington ( a cerca de 300 Km ) com modulação de voz.
É adoptado internacionalmente o sinal de socorro S O S ( . . . - - - . . . ).
1909 - A United Press International estabelece um serviço a cabo submarino com a Telegraph News Japonesa.
Braun e Marconi compartilham o Prémio Nobel de física por seus trabalhos no desenvolvimento da telegrafia sem fios.
Charles ' Doc' Herrold começa um horário regular de radiodifusões em San Jose, CA.
S.S. Republic afunda depois de uma colisão. Duas vidas são salvas com a ajuda da telegrafia sem fios
1910 - Comunicação sem fios a 15.000 Km entre um navio americano e sua base.
É inaugurado em Paris, um serviço de divulgação do tempo e da hora com os sinais sendo irradiados da torre Eifel em código Morse, tornando esta cidade o centro das atenções na divulgação deste tipo de serviço no mundo.
1912 - E.H. Armstrong descobre a regeneração ( reacção ).
Graças aos equipamentos de transmissão sem fios "T.S.F." instalados no navio Titanic e aos sinais de socorro transmitidos pelo telegrafista Jack Philips, salvam-se 700 pessoas.
É adoptado em Londres, o código "Q", modificado posteriormente na convenção de Washington.
1913 - A estação alemã de Nauen transmite sinais em código Morse que são recebidos a uma distância de 1550 milhas em 16,900 metros ...ou aproximadamente 18 quilohertz ( na faixa do alcance da audição! ).
Armstrong solicita uma patente para usar a válvula como um oscilador.
De Forest, Pierce y Langmuir, aplicam o sistema de acoplamento directo usando uma lâmpada tríodo.
Alexanderson obtém a patente de no 1.173.079 sobre um circuito de duas etapas sintonizadas.
Langmuir obtém uma patente nos EEUU de no 1.282.439 sobre um sistema de detecção de grade, utilizando um condensador e uma resistência de escape ou fuga.
1914 - Conversão do código Morse em Teleprinter.
A Companhia Marconi inicia suas transmissões experimentais faladas da " Marconi House " de Londres.
Round melhora o Radiogoniómetro de Bellini-Tossi com a utilização da lâmpada tríodo.
Round obtém a patente inglesa de no 24.480 sobre um sistema de recepção por variação de frequência com o intuito de eliminar os sinais parasitas ( base da actual modulação de frequência de Armstrong).
Meissner obtém a patente francesa de no 467.747 sobre o mesmo sistema de Round.
É efectuado uma experiência entre Paris e Washington de acordo com seus respectivos governos, para comprovar a diferença de velocidade que poderia existir entre as ondas luminosas e as ondas electromagnéticas.
Armstrong obtém a patente sobre o circuito de recepção "Regenerativo".
1915 - Primeira retransmissão transatlântica de radiodifusão de Arlington a Paris.
1916 - Schottky obtem na Alemanha a patente de no 305.535 sobre o acoplamento por impedância e resistência.
David Sarnoff - um empregado da Companhia Marconi - propõe ' caixas de música de rádio ' para as residências como uma oportunidade empresarial potencial... e foi ignorado
1917 - Aparece o nome BROADCASTING, introduzido por Charles D. Herrold
1918 - Armstrong inventa o circuito Superheterodino. Dr Frank Conrad.
Surge em 17 de Outubro a RCA.
1920 - Engenheiros da Westinghouse, dedicam-se a ampliar os recursos do bocal do telefone, que resultou na invenção do microfone como conhecemos actualmente.
A companhia Westinghouse instala a primeira emissora de broadcasting com potência de 100 watts na frequência de 360 metros, tornando os E.U.A. a verdadeira pátria da radiodifusão.
É anunciado o primeiro circuito "Superheterodino" por Armstrong.
1922 - Para proteger a indústria radioeléctrica inglesa, é criado o selo "BBC" que devia ser aplicado em todos os aparelhos ingleses pelo Post Master General.
É concedido nosUSA, 670 licenças para emissoras de radiodifusão.
Aparecem os primeiros auto-falantes.
Edwin Armstrong inventa o receptor 'Super-Regenerativo'.
1923 - Haseltine obtém nos USAa patente do circuito Neutrodino.
Hartley e Nichols desenvolvem um interessante sistema de transmissão com portadora suprimida ( conhecido actualmente como SSB ) de grande valor para as comunicações secretas.
Van Lieben introduz o uso da bateria "C" para polarização de grade de controle.
Novos aparelhos de rádio tornam-se obsoletos entre 3 e 6 meses.
São produzidos 500.000 aparelhos neste ano nos USA.
1924 - É regulamentada a actual faixa de ondas médias de 550 kHz. a 1550 kHz.
1925 - Os problemas criados pelo crescimento das estações emissoras, obriga a criação da "União Internacional de Radiodifusão"
1926 - O físico japonês Hidetsugu Yagi, inventa a antena direccional que leva seu nome.
A Britsh Broadcasting Company é dissolvida e criada a Britsh Broadcasting Corporation. John Baird realiza as primeiras transmissões de imagens
1927 - Uma empresa da Philadelphia produz o primeiro rádio para carro.
1931 - Inauguração da BBC.
São vendidos os primeiros rádios com o nome das estações no dia 1.
1933 - O americano Edwing Armstrong demonstrou o sistema FM para os executivos da RCA.
1935 - As empresas Alemãs AEG e I.G. Farben, criam uma cinta de plástico revestida de óxido de ferro magnetizante proporcionando um grande impulso nas gravações magnetofónicas.
É realizada na Alemanha, a primeira emissão oficial de TV.
1936 - Em Londres é inaugurada a estação regular de TV da BBC.
1937 - Em 20 de Julho, morre Marconi.
É lançado nosUSA, a válvula Olho Mágico, gabinetes com este tipo de componente são moda neste ano.
O dirigível, Hindenburg cai em chamas em Lakehurst, N.J. em 6 de Maio de 1937 - a tragédia foi registada e transmitida em um rádio ao vivo.
1938 - Começa a funcionar a televisão na Rússia.
1939 - O americano Edwin Armstrong inicia operação da primeira FM em Alpine, New Jersey.
1940 - Peter Goldmark inventa a televisão a cores.
1945 - O FCC muda a banda de FM de 50 mHz para os actuais 88 - 108 mHz
1946 - Em Dezembro, é divulgado o descobrimento do Transístor, realizado por Walter Brattain, William B. Shockley e John Bardeen que revolucionará a indústria electrónica.
O rádio ganha maior agilidade, com o surgimento dos gravadores de fita magnética.
Rectificadores de selénio começam a substituir as válvulas rectificadoras.
1950 - A TV BBC de Londres realiza a primeira transmissão de imagens para além do Canal da Mancha
1954 - Em Dezembro é lançado o REGENCY TR1, primeiro rádio transistorizado do mundo pela I.D.E.A. nosUSA.
O sistema de televisão a cores entra em funcionamento.
Gravadores magnéticos são demonstrados na gravação de programas de televisão pela RCA.
1957 - A empresa Alemã Grundig lança seu super Grundig, o primeiro de uma série de receptores profissionais para Ondas Curtas.
1958 - Gravações estéreo são realizadas e comercializadas.
Aparece o termo " som Hi FI ".
1960 - A Star Corp, do Japão se une à Radio Victor Company dos EUA e lançam no mercado japonês a marca Japan Radio Company.
1961 - As emissoras de FM são autorizadas a transmitir em estéreo.
A holandesa Philips, lança seu primeiro receptor profissional de SW, o Magnavox AL990, que não foi aceito pelo mercado por ser incompatível aos padrões da época.
1962 - É realizada a primeira transmissão via satélite.
Em um esforço para reproduzir telas coloridas nos tubos preto e branco das televisões, é lançada uma tela de sobrepor que simula um tubo de TV colorido com azul em cima, e verde em baixo.
1965 - Receptores valvulares são quase inexistentes nos USA, em seu lugar, aparecem os rádios transistorizados.
1968 - A Sony lança seu primeiro receptor da Série ICF, portáteis simples e confiáveis, com o modelo ICF 6000. Voltado apenas para o mercado japonês foi o seu maior recorde de vendas até hoje.
1969 - A Barlow Wadley lança seu primeiro receptor multibanda na África do Sul, o XCR-30. Adaptação de um outro modelo de uso doméstico.
1972 - A Tandy Corp lança seu modelo Radio Shack Realitic DX 150, analógico mas o preferido pelos dexistas americanos da época. Em 1974 lança o modelo Realistic DX 160 e conquista o mercado de receptores de até 100 dólares.
1979 - A Sony lança a série de receptores ICF 7600, fabricados até hoje. Uma das maiores séries em receptores do mercado mundial de Ondas Curtas.
1980 - A Sony lança no mercado japonês seu receptor semi-portátil ICF 2001D, com Ondas Curtas e VHF. O preço de lançamento de apenas 220 dólares implantou o receptor no mercado que o mantém até hoje. 

 

Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro - Marinha Grande - Portugal

 

 

Copyright © 2006 - 2009  ***  Portal CEN
Todos os Direitos Reservados