JUSSÁRA C. GODINHO

 

Nome: JUSSÁRA C GODINHO
Profissão: PROFESSORA

Quer falar um pouco da terra onde mora?
 
Amor a Caxias do Sul

Minha terra tem parreiras
E o bom vinho vem de lá
As uvas que lá semeiam
Nem se comparam com as de cá!

Minha terra tem frio,
chuva, neve e muito vento
e gente que enfrenta desafio
com bravura e sentimento!

Terra forte, do quente chimarrão,
do pala, da bota, do quentão
e de muito amor no coração!

A esse chão d’onde brota a emoção
manifesto toda minha paixão:
te amo com loucura, meu rincão!

Jussára C Godinho

Quando começou a escrever?
Desde menina, mas guardava a 'sete chaves' meus escritos.

Teve a influência de alguém para começar a escrever?
Apenas dos bons autores que  fui descobrindo com o tempo: Castro Alves, Cecília Meireles, Mario Quintana, Drummond de Andrade, Mario Benedetti, Neruda, Vinicius de Moraes, Manuel Bandeira, entre tantos outros.

Lembra-se do seu 1º trabalho literário?
Lembro do primeiro selecionado e publicado no jornal de minha cidade, numa página dedicada à participação dos leitores: 'Cantinho da Poesia'.

Tem livro (s) impresso (s) (editora e ano)?
Participo de várias Antologias cooperativadas e ganhas como prêmio em Concursos Literários.

Tem livro(s) electrónico(s) (e-books), editora e ano.
Tenho participação em um E-book (antologia) da Academia Virtual Brasileira de Letras.

Projectos literários para este ano de 2008/09?
Tenho sonhos que podem virar projetos...

Fale-nos um pouco de si, como pessoa humana?
 
A Poesia fala por mim...
 
VIVO A POESIA! VIVA A POESIA!

Vivo a Poesia!


Vivo a Poesia, contida no meu dia-a-dia
Respiro Poesia na dor e na alegria

Sonho a Poesia, escondida nos meus devaneios
Necessito da Poesia para os meus anseios

Abraço a Poesia, que me conduz
Vejo a Poesia tão cheia de luz

Canto a Poesia com o beija-flor
Sinto a Poesia no teu calor

Degusto Poesia com gosto de vinho
Percebo a Poesia no teu carinho

Acredito na Poesia, jorrando magia
Vivo a Poesia, contida no meu dia-a-dia

Vivo a Poesia!
Viva a Poesia!


Para se inspirar literariamente, precisa de algum ambiente especial ?
Não, a vida é um grande cenário para a inspiração!

Tem prémios literários?:
Alguns

Tem Home Page própria (não são consideradas outras que simplesmente tenham trabalhos seus)?
Não

Conhece as vantagens que os Autores do CEN têm em ter sua Home Page ou (e)  Livro (s) electrónicos, nos nossos sites?
Não

Que conselho daria a uma pessoa que começasse agora a escrever ?
Que continuasse a escrever, porque escrever é como viver, está sempre se aprendendo!

Para terminar este trabalho, queira fazer o favor de mandar um pequeno (e original) trabalho seu (em prosa ou em verso) :
 


Poema Triste

Na rua o menino
Tão pequenino
Pedindo pão

Meu Deus, que susto!
Que mundo injusto
Que gente tão grande
E sem coração

Que sofrimento
Não tem cabimento
Pobre criança ao desalento
Sem ter solução

Hoje criança nessa situação
Amanhã um adulto
De arma na mão!

Jussára C Godinho
2008

 Índice de autores       anexo