ODENIR FERRO

 

- Nome: ODENIR FERRO

- Profissão:
Auxiliar de Segurança e Atendente de Portaria de Empresa Particular

- Quer falar um pouco da terra onde mora?

Minha cidade natal é conhecida como Rio Claro, Cidade Azul. Isto é devido ao céu daqui ser muito claro. Na época das estações do outono e inverno, a transparência e a claridade e os tons de azuis são mais intensos ainda. Os nascimentos e os por-do-sol, também principalmente no inverno, são muito lindos. E nas noites, as estrelas e a lua, principalmente quando cheia, são muito cintilantes. Rio Claro é uma cidade com terreno plano. É uma cidade muito bonita.

- Quando começou a escrever?

Eu comecei a escrever quando tinha 22 anos e guardar meus escritos. O que aliás, eu os tenho guardados até hoje. Tenho muitas letras de composições musicais também. Mas antes disso, eu sempre me sai muito bem nas redações escolares. Aos dezessete anos pude ver a minha primeira redação publicada num Jornal da minha Cidade, pelo meu professor de Português, da época. Sempre li muito também.

- Teve a influência de alguém para começar a escrever?

Eu creio que sempre fui propenso as Artes, em geral. Sempre fui muito observador e muito sentimental. Lembro-me de que minha avó materna Amélia Rosalén Nadai (in memorian) me apoiava muito em tudo. Lembro de que entre aos oito e nove anos ter lido um Livro daqueles antigos, de capa de couro, que me fora emprestado por ela, cujo assunto fora Religião, versando sobre as passagens Bíblicas. Aos cinco anos de idade eu já era alfabetizado, de tanto que insisti para que minha irmã mais velha me ensinasse a escrever. E aos sete anos eu era bom nos desenhos também. Em frente a porta da sala da casa da minha avó tinha muita areia, e eu passava horas e horas por ali, desenhando, enquanto ela fazia tricô e crochê.

- Lembra-se do seu 1º trabalho literário?

Eu fiz muitos trabalhos de escola para a minha prima e depois para as amigas de escola dela. Estes trabalhos eram remunerados, muito embora eu não os cobrava; elas me pagavam porque queriam. Mas o meu 1º trabalho literário foi na Antologia da Shogun Arte, um poema intitulado Embriaguez. Shogun Arte foi (ou é) uma Editora do Rio de Janeiro (RJ) comandada pela Artista Plástica Cristina Oiticica, esposa do Escritor Paulo Coelho. Isto ocorreu lá pelos idos dos anos de 1985, e eu na época, fui até o Rio de Janeiro (RJ), a passeio e aproveitei para conhecer a Editora, e também cobrar direitos autorais sobre o Poema(Sic!). Fui recebido, nada mais nada menos, pelo Escritor Paulo Coelho, que estava por lá, e então, na época desconhecido por mim, até como sendo compositor musical, (no que ele já era muito famoso). Mas as músicas do Raul Seixas, eu já as conhecia, e muito. Enfim, ele me pagou sobre os direitos e eu me lembro que com o valor recebido eu pude tomar muito suco de laranja e hamburguers simples por vários dias em que fiquei na Cidade Maravilhosa.

- Projectos Literários para 2012 / 2013?

Sim, Tenho muitos projetos literários para 2012 / 2013! No dia 09 de Março de 2012, sexta-feira passada eu pude ter a felicidade de ter lançado o meu livro de Poemas Às meninas que sonham (Pétalas d'água), publicado pela Editora Multifoco, cujo endereço de Site é http://www.editoramultifoco.com.br E graças a Deus o Evento de Lançamento, que ocorreu no Gabinete de Leitura Lenyra Fracarolli, daqui da cidade de Rio Claro, Estado de São Paulo, Brasil, foi um sucesso. E fui convidado, e aceitei com muito bom grado, para ser colaborador do Jornal Regional, jornal que circula pela cidade de Rio Claro e cidades da Região. Também tenho inéditos que pretendo ir publicando no momento certo.

- Tem livro(s) impressos editados, ou por editar, e que não estão em e.book?
Sim. Tenho o livro infanto-juvenil & aventura intitulado Nino Chaninho, O Gatinho, e que foi publicado pela Editora Livro Novo http://www.editoralivronovo.com.br e originais que estão já produzidos e prontos para serem editados; e outros que ainda estou compondo.

- Conhece o projeto do Portal CEN, "SEBO LITERÁRIO" totalmente gratuito
Com divulgação internacional e direta, sem paralelo na Língua Portuguesa ?

Confesso que estou começando a conhecer o Portal CEN e "SEBO LITERÁRIO" já estou podendo pressentir que se trata de um Portal de primeiríssima qualidade, e estou me sentindo muito feliz e lisonjeado por estar sendo convidado para participar do mesmo

Pode encontrar o "SEBO LITERÁRIO" no link a baixo para sua apreciação:
http://www.caestamosnos.org/sebo/sebo_autores.htm
- Se estiver interessado (a) neste projeto contate Maria Beatriz Silva pelo e.mail: luz.amor09hotmail.com
Ou indique-nos a alguém (escritor (a) que, manifestamente,
não tem possibilidades de mandar fazer um livro impresso ou mesmo e.book
.
Eu estou interessado sim.

- Fale-nos um pouco de si, como pessoa humana?

Eu creio que sou do bem. Eu sempre quis produzir algo que fosse muito belo e duradouro para uma melhoria da qualidade de vida dos seres humanos, e porque não dizer dos seres viventes deste nosso querido Planeta Terra.E estou conseguindo. Estou sentindo uma satisfação enorme, quase intraduzível, por sentir, ver, que estou escrevendo e através das letras estou imprimindo, impregnando meus escritos com verdadeiras emoções. Sinto que estou tendo uma repercussão muito grandiosa e imensamente valorosa para mim. Isto me deixa ir me realizando como pessoa. Enfim, eu creio que na realidade, os meus propósitos sempre foram os de fazer o bem, compartilhar, melhorar o relacionamento entre as pessoas, criar amizades, e acima de tudo amar, ser amado, transmitir amor e paz e esperança entre todos nós, humanos.

- Como Escritor (a)?

Eu creio que seja as mesmas procedências citadas acima. Ultimamente eu sinto que não estou me diferenciando muito entre eu, Odenir, ser humano pessoa, do Odenir Ferro escritor. Creio que estamos em pé de igualdade em relação à fluência de vida. O que posso dizer, que é claro, no Odenir Ferro escritor, a transcendência literária e artística e por que não dizer, com altas cargas dramáticas até, são muito mais bem elaboradas, mais destacadas. Ao escrever, às vezes, sinto-me como se estivesse subindo num imenso Palco e distribuindo sonhos para muitas pessoas ao mesmo tempo. Eu creio que a Internet, através do meu blogger, é um caminho fantástico por ser tão real, para estes acontecimentos. Eu penso que sou tão real da forma como sou, da mesma forma como sou como escritor. Apenas sinto que o Odenir Ferro escritor que está em mim, é imensurável, grandioso, ele está bem acima de mim, muito embora me ampare, e me orienta, dentro das minhas simplicidades do dia a dia. Eu como pessoa, adoro ser simples, muito simples, mas amo de paixão este requinte, esta força, esta dinâmica que está no meu eu Escritor.

- Tem prémios literários?

Sim. Tenho muitos, troféus, diplomas, moções de reconhecimento, medalhas, e Títulos também. Sou um Embaixador da Paz, Título a mim concedido em 02 de Julho de 2010, pelo CERCLE UNIVERSEL DES AMBASSADEURS DA LA PAIX SUISSE/FRANCE. Participei de muitas Coletâneas, e de todas elas, guardo um exemplar de livro. Inclusive o meu primeiro Livro, Escritores Brasileiros de Hoje, 1984, Editado pela Shogun Arte. O todo, destas Coletâneas, creio que já ultrapassou a casa dos trinta.

- Tem Home Page própria (não são consideradas outras que simplesmente tenham trabalhos seus)?

Eu tenho o meu Blogger www.odenirferrocaminhopelasestrelas.blogspot.com Este meu blogger, graças a Deus, está sendo muito acessado através de vários países espalhados pelo mundo todo. Em média eu recebo de 2000 a 3000 visitas por mês. Isto me deixa feliz.

- Conhece bem o conteúdo (enorme) do Portal CEN - "Cá Estamos Nós"?

Eu pressenti, eu estou sentindo, e eu sou muito envolvido com tudo o que crio, participo, com profunda paixão. Eu estou percebendo que este Site é de um conteúdo valiosíssimo de enorme influência mundial. Isto devido aos seus organizadores, assim como Carlos, Maria Beatriz (Flor da Esperança), que tem uma grandeza de alma e de coração imensa, além de ter sensibilidade para perceber, reconhecer as verdades, as sinceridades vindas das palavras de nós, escritores.

- Que conselho daria a uma pessoa que começasse agora a escrever ?

Ser, acima de tudo, persistente. Pois eu tive muitos traumas, e por incrível que pareça estes traumas, estas decepções vieram por pessoas que eu julgava amigas. Foram criados muitos obstáculos para mim. Houveram muitas distorções de palavras,de ideais, de idéias. Hoje eu procuro tomar muito cuidado com as palavras, pois que hoje eu posso perceber que foram alguns falsos amigos que me motivaram a perseguir os meus sonhos. Enfim, eu fui muito persistente, eu fui e ainda sou um sonhador. Eu acredito muito que podemos valorizarmos-nos como gente, pessoas, e consequentemente darmos crédito e encontrarmos valores nas outras pessoas. Todos sonhamos, todos desejamos, todos amamos, todos vivemos, e nós, seres humanos, somos uns seres muito complicados em termos de relacionamentos, em termos de tudo, enfim... Bem, então, o meu conselho que dou, para quem está começando a escrever, escreva ou reescreva a sua história, movimentando-a com as emoções que fluírem da sua alma, do seu corpo, mente, espírito e coração. E transcenda-se. Acredite, acima de tudo nas Imensuráveis Energias Espirituais e Divinas que vêm do Universo regido por Deus, nosso Criador!

- Para terminar este trabalho, queira fazer o favor de mandar um pequeno (e original) trabalho seu (em prosa ou em verso) ?

As obras expostas foram autorizadas e são de inteira responsabilidade do/a autor/a

(EM ANEXO)

2012

Índice de autores     Anexo