Raymundo de Salles Brasil

- Nome: Raymundo de Salles Brasil

- Profissão:
Aposentado

- Quer falar um pouco da terra onde mora?

Não vou falar da terra onde moro, Salvador, embora seja linda e tenha uma história fantástica, estou aqui acidentalmente, vou falar da terra onde eu nasci, onde aprendi a engatinhar, onde dei os primeiros passos, onde cresci, onde curti a mocidade e o sonho, onde compreendi que a poesia embala as nossas fantasias, uma terra que já foi rica e hoje é pobre, que já teve o seu apogeu econômico, quando cobria do verde dos canaviais o seu massapé preto e fértil. Eu vou falar do rio Subaé que corta minha cidade, muito mais bonito do que o “Tejo ou qualquer rio do mundo, porque é o rio da minha cidade”; eu vou falar do seu povo alegre, bem humorado, hospitaleiro; vou falar da sua culinária gostosa e farta, vou falar das suas ruas antigas, com suas casas geminadas e seus sobrados seculares, eu vou falar das suas praças, com um carinho especial pela Praça da Purificação que me viu crescer e foi palco das minhas diabruras na adolescência; eu vou falar dos seus artistas, escultores, pintores, poetas, escritores, cantores, compositores, concertistas; vou falar dos seus heróis; vou falar de sua gente, pobre e alegre. Eu acabei de falar de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia, a melhor cidade do mundo,” porque é a minha cidade”.

- Quando começou a escrever?

Comecei a rabiscar os meus primeiros versos na adolescência e fiz o meu primeiro soneto aos quinze anos.

- Teve a influência de alguém para começar a escrever?

Convivi na minha mocidade com os poetas da minha família e encantei-me com os saraus literários que eram realizados no tempo da minha juventude.

- Lembra-se do seu 1º trabalho literário?

A Vela do Tempo
Resquício de um poeta adolescente ¾ 1950.

 

Há muitos anos que partiu sorrindo...
Há muitos anos que partiu amando...
Há muitos anos que em ti sentindo,
Via a vela do tempo se enfunando.

Sumiu-se a vela...então, já longe indo,
Fez uma curva em si e foi voltando
E o tempo que chorava foi sorrindo
E a vela do tempo foi chegando.


Porém a vela que se acaba à-toa,
Não foi-se embora, ela esperou cantando
O tempo que não para e que só voa;

E o tempo retornou, teve saudade
E encontrou a vela se enfunando,
Aberta aos ventos da felicidade.


- Projectos Literários para 2012 / 2013?

1 – BOM DIA!
2 – ÁRVORE GENEALÓGICA
3 – DÉCIMAS
4 – UM POUCO DE TROVA

- Tem livro(s) impressos editados, ou por editar, e que não estão em e.book?

Minhas Mal Traçadas Linhas – 1998 – Produção independente

- Conhece o projeto do Portal CEN, "SEBO LITERÁRIO"?

Sim

- Fale-nos um pouco de si, como pessoa humana?

É muito difícil, eu acho, falar de mim mesmo. Quem sabe as pessoas não dirão: ele não é nada disso. Primeiro não estou num confessionário onde diria os meus defeitos, que são muitos, jamais faria isso de público, e as minhas qualidades que são mais sentidas pelos que me rodeiam, por eles deviam ser ditas. Mas vou tentar dizê-las, entretanto, acredite quem quiser: sou sensível - não devia ser tanto - sofreria menos e faria os meus sofrerem menos; sou impaciente, tenho pressa de acabar o que começo, menos quando trabalho um verso, só não sai melhor porque não posso, eu tenho as minhas limitações; sou fraco para umas coisas, forte para outras; sou tímido, mas tenho forças que me ajudam a enfrentar a timidez; prefiro a simplicidade ao luxo, à sofisticação; amo minha rotina, o meu dia-a-dia, minha família, os meus amigos; participar de uma boa conversa e escrever fazem-me muito bem; acho que fui um bom filho, que sou um bom marido, um bom pai e um bom avô, pelo menos eles dizem isso, mas dêem um desconto, eles me amam; Creio em Deus e creio que Jesus é o meu Salvador, o que me basta.

- Como Escritor (a)?

Eu escrevo por prazer e gosto de ser lido, não tenho pretensões maiores. Ser convidado para fazer parte da plêiade do Portal CEN, foi uma honra.

- Tem prémios literários?

Menção honrosa aqui, menção especial acolá... nada além disso.

- Tem Home Page própria (não são consideradas outras que simplesmente tenham trabalhos seus)?

raymundosalles.blogspot.com.br/

- Conhece bem o conteúdo (enorme) do Portal CEN - "Cá Estamos Nós"?

Muita coisa – é um manancial de cultura.

- Que conselho daria a uma pessoa que começasse agora a escrever ?

Ler, ler, ler...
Escrever, escrever, escrever...
 

 

As obras expostas foram autorizadas e são de inteira responsabilidade do/a autor/a

2012

 Índice de autores           Biografia          Anexo         Publicações