Antologia Virtual

VIII

Junho 2012

ORGANIZADORA:

Maria Beatriz Silva (Flor de Esperança)

  

PÁG 4
 

21 - IONE RUBRA ROSA

Professora de Português há 25 anos, efetiva na E.E.Professora Yolanda Araújo Silva Paiva - Cananeia - SP; Diretora de Departamento de Educação Municipal do Município de Cananeia-SP, de 2005 a 208; Idealista, ama ensinar. Acredita que a Educação pode transformar as pessoas; Leitora voraz, aprendiz de escritora, sonha em publicar um livro algum dia; Escreve no site Recanto das Letras; Desenvolve com seus alunos o projeto "Aprendizes da Poesia", com 2 livros editados; Sonha com um mundo melhor e pleno de paz.
http://www.ionebarbieri.recantodasletras.com.br/publicacoes.php

 

PENSO EM VOCÊ...


Penso em você...
Transbordo de amor.
Meu riso vem fácil
Sinto-me imensamente feliz.

Penso em você...
Meu coração sorri.
A alma fica leve
Sei que está aqui.

Penso em você...
Sei que nosso amor é real.
Estaremos sempre juntos
Mesmo em meio ao vendaval.

Penso em você...
A esperança me toma.
Não tenho receios
Sou feliz!

Ione Rubra Rosa
26-05-2012

 

22 - ISABEL CRISTINA SILVA VARGAS

Isabel C.S.Vargas, professora, advogada, aposentada no serviço público, jornalista. Especialista em Linguagem e Tecnologias, com cerca de trezentas publicações no Diário da Manhã- Pelotas RS e no seu site:http://www.isabelcsvargas.com. Membro da AVSPE- BC-SC, da Associação Poetas Del Mundo (Chile), Clube Brasileiro da Língua Portuguesa-BH-MG, Portal do Poeta Brasileiro, Confrades da Poesia, Portugal, da União Hispanoamericana de Escritores. Portal CEN-Portugal. Participa da CBJE, além de mais uma centena de publicações em livros. Recebeu diversas premiações, entre elas 1º lugar em conto e crônica, menções honrosas, destaques em crônica, contos e poesia. Prefaciou obras para a Editora Celeiro de Escritores, além de revisão literária. Publicações na R. Eletrônica Lápis e Luz, no Varal do Brasil (Suíça)
Outros links:
http://ainternacionalpoetasdelmundo.blogspot.com.br/2012/04/memb o-isabel-cristina-silva-vargas.html
www.isabelcsvargas.com
http://www.icsvargas3.blogspot.com.br/
http://icsvargas.bloguepessoal.com/

 

SOB A LUZ DA LUA


Fui caminhar pela beira da praia. É ótimo.
Olhando o mar e ouvindo o seu som, fiquei a pensar o que teria motivado os navegadores, nas épocas passadas? O que os fez enfrentarem desafios tão grandes, além das razões que a história já nos ensinou e singrarem mares tão bravios? Um grande sonho? A cobiça? O espírito aventureiro? O desejo de imortalidade?
Qualquer que seja o motivo que os moveu, ou quem sabe um pouco de todos eles, o certo é que os sonhos só se materializam com muito suor, trabalho, perseverança, determinação, pois sem isso são só desejos, ou melhor, ficam só na imaginação. Isto deve servir de referência para nós todos. Interligando o passado com o presente vislumbramos melhor o que poderá ser nosso futuro. Certamente será resultado das nossas ações, por isso não podemos jogar sobre ombros alheios culpas de nossos fracassos, assim como temos que ter humildade para reconhecer que nossas vitórias terão por trás muito esforço daqueles que nos dão suporte. Não vencemos sozinhos.
O mar provoca um fascínio muito grande nas pessoas, talvez por ser indecifrável, por apresentar inúmeras surpresas. Ainda hoje, muitos sonhadores, iniciam empreitadas fantásticas em busca de emoções, de respostas, estabelecem metas que parecem inatingíveis e conseguem alcançá-las, claro que hoje, auxiliados por muitos meios que a tecnologia lhes oferece e que nem saberíamos enumerá-los em sua maioria.
Há aquele para quem o mar já encanta à simples contemplação. Outros necessitam desafiá-lo e desafiar seus limites praticando esportes radicais. Muitos tiram dele seu sustento. Alguns o descrevem primorosamente nos livros, no romance ou na poesia, servindo de inspiração para belas e inesquecíveis obras.
Meus pensamentos voam nas asas dos pássaros, enquanto observo os pescadores de fim de tarde, a senhora que está em atitude de louvor, como se orasse agradecendo pela beleza que seus olhos vislumbram.
Viajo para dentro de mim mesma, pensando aonde meus passos me conduzirão. Assim como as ondas não param, também quero estar sempre em movimento, quero muita energia positiva, evolução, aprendizado, aperfeiçoamento, paz interior, sabedoria. Quero desfrutar de cada momento, inclusive este, em que respiro o ar da noite, enquanto escrevo, ouço os grilos na grama, as conversas debaixo de minha janela, os risos infantis e ao levantar os olhos pela janela aberta de meu quarto, me deparo com ela, a lua, a me acompanhar lá do alto, serena, linda a reinar no céu ao mesmo tempo em que generosa espalha seus raios prateados para dar um toque mágico nas noites de verão

Isabel Cristina Silva Vargas
Pelotas-RS-Brasil

 

23 - IVETI SPECORTE

 

Iveti Specorte é escritora e ama poesias. Participou de Antologias poéticas através da Shogun Arte Ltda e Crisális Editora,Rio de Janeiro-RJ, tendo recebido menção honrosa e o prêmio Raimundo Corrêa de Poesias. Destacou-se escrevendo crônicas e contos infanto juvenis, publicados no semanário Jornal do Povo de sua cidade natal, dentre eles Agora Somos Três.

 

A CASA DAS FLORES...


Aquela em estilo europeu, tipicamente germânica?
Me parece uma pintura numa bela moldura.
Possui coração, sente saudades dos entes
queridos, chora recordações.
Efêmeros são os momentos eufóricos.
Porém a diversidade de flores são a característica
das mãos do Criador abençoando cada pedacinho
do jardim.
No beiral se escondem pássaros quando o frio
chega repentinamente.
Há ninhos nas árvores antigas que escondem
entre as raízes os segredos e sonhos dos
proprietários que partiram.

Hoje irei abrir as portas e janelas para permitir
que o sol aqueça e o tempo possa adentrar
em cada recanto.
E emoções novas farão de cada cantinho um
universo de carinho.

Iveti Specorte
Direitos reservados...

 

24 - JUSSÁRA C GODINHO

Licenciada em Letras - Português e Espanhol, Especialista em Leitura e Produção Textual. Cônsul do Movimento Poetas del Mundo de Caxias do Sul, filiada à UBT - União Brasileira de Trovadores seção Caxias do Sul, associada à AGES. (Associação Gaúcha de Escritores). Participação em dezenas de Antologias, premiação e classificação em vários concursos literários.
Autora de Alma TROVAdora, livro com mais de 300 Trovas Literárias.
Links:
SITE: www.jussaracgodinho.prosaeverso.net
BLOGS: www.jussaracgodinho.blogspot.com
TWITTER: http://twitter.com/juvirginiana

 

MÁGICO DESPERTAR DE PRIMAVERA

 
Primeiros dias de setembro! Abro minha janela. Doce manhã de sol! Quase ouço o sussurrar do frio despedindo-se sorrateiro.
No ar, o aroma adocicado das alucinantes pétalas coloridas. Inspiro... Expiro... Inspiro outra vez... O azul do céu invade meu dia, que mal começa a raiar, e inunda minh’alma de luz e de alegria.
Milhares de gotas brilhantes escorregam pelo meu corpo, num banho refrescante e delicioso de primavera. E me transportam imediatamente para o mar. Chego a sentir o gosto forte do sal e o calor dos raios do sol, dourando minha pele. Sonho, viajo, devaneio...
Afagada pela toalha macia, volto e, debruçada outra vez na janela, contemplo os jardins vizinhos. Tudo parece mágico. A brisa move lentamente as folhas que bailam, querendo viver.
O aroma permanece no ar. E a alegria toma conta do meu ser.
O cheiro quente do café me parece mais forte e mais gostoso. O pãozinho matinal, mais crocante do que nunca. Seu miolo abre-se para receber a manteiga sem nenhuma resistência. Nas entrelinhas do suco, sinto estampadas as flores brancas e perfumadas das laranjeiras.
Há, em tudo, promessas de uma nova estação, esperanças de renovação! É a vida brotando bem devagar... Chegando quase sem avisar...
E, assim, saio repleta de energia, para mais um dia que se inicia, com a doce magia de um suave e mágico despertar de Primavera!

Jussára C Godinho

 

 25 - JOÃO FURTADO

João Pereira Correia Furtado (João Furtado)
Data de Nascimento 29 de Novembro de 1958
Local – Ilha do Príncipe, S. Tomé e Príncipe
Residência – Praia, Cabo Verde.
Sou casado com Isabel de Sousa Furtado aos 28 anos e com 4 filhos e dois netos. Duas sobrinhas que criamos desde os 2 anos de idade.
Sou filho de pai Cabo-Verdiano e Mãe Guineense. Nasci e cresci na comunidade emigrante Cabo-verdiano. Também tenho de confessar que senti-me sempre um estrangeiro na terra onde nasci.
Tenho várias formações profissionais de Meteorologia e de Companhia aérea, sendo estas, formações comerciais.
Escrevo como passatempo e quando sinto vontade, não sou poeta nem escritor.
É verdade, sou muitíssimo tímido.
Já participei com poemas no jornal “Cabo Verde connections”. Também participei no Liberal online e a Semana Online, entretanto com contos, poemas e crónicas.
Tenho participado com contos e poemas e crónicas no Jornal RAIZONLINE.
Sou membro da U.L.L.A – Associação Lusófona das Letras e das Artes, SOCA – Sociedade Caboverdeana de Autores, Movimento Poetas Del Mundo.
Participei em três Antologias:
Antologia de amor da ULLA.
Antologia do Selencio da ULLA.
primeira Antologia dos Poetas del Mundo.
Obras publicadas:
A Arvore de Fruta-Pão e Outros Contos – Contos – Editora Temas Originais.
A Terra e a Guerra Pela Paz – Vol. I – Poemas – Edium Editora!
A Terra e a Guerra Pela Paz – Vol. II – Poemas – Edium Editora
Obras por publicar:
A Terra e a Guerra Pela Paz – Vol III
Co-Autoria em:
Olhares de Saudade – Romance em parceria com a poetisa e escritora Arlete Piedade!
O Drama de Reencontro – Romance poético, em parceria com a poetisa Artemisa Ferreira! (a publicar brevemente!)
O Drama do Abandonado – Romance poético, em parceria com o poeta e desenhador Alvaro Cardoso! (quase concluído)
Na Ilha do Sal - Romance poético, em parceria com a poetisa e escritora Arlete Piedade! (Na elaboração)
Criei o meu próprio blog
http://joaopcfurtado.blogspot.com
Além de ter trabalho espelhado por vários blogs e sites:
http://depressaoepoesia.ning.com
http://www.raizonline.org/joaofurtado.htm
http://www.joaquimevonio.com/espaco/joao_furtado/joao_furtado.html
http://www.osconfradesdapoesia.com/Biografia/JoaoFurtado.htm
http://www.fotolog.terra.com.br/joper_poemas http://www.fotolog.terra.com.br/joper .
http://maduraliberdade.blogspot.com/
www.poetasdelmundo.com/

 

O PARDAL E EU NO DIA DO POEMA


Sentado neste nobre e humilde canto
Vejo a poesia no vento fresco a passar,
Nas asas do pardal e no seu canto
Sinto nostalgicamente o meu azar

Dizem que hoje é dia de poesia
E a vontade é de chorar as minhas penas…
E é com pesar por sentida azia
Que me imagino como o pardal sem penas…

Ele se debateria com as asas ao vento
Na tentativa de alto poder voar
Titubeante como eu, na terra ficaria…
Como sinto o vazio que ele sentiria
Mas eu cá estou sem poder som entoar
Enquanto ele canta num novo alento!...

João Furtado

Do livro “A Terra e a Guerra Pela Paz-Vol II” à venda na Biblioteca Nacional – Praia – Cabo Verde!

 

26 - JOSÉ HILTON ROSA

José Hilton Rosa, Brasileiro, nasceu em 1956, 29 de agosto. Autor de 3 livros de poesias: “Laços de sangue”; “Choro de sangue” e “Inversos”. Participou das antologias: “Associação Internacional Poetas del Mundo”, organizado pela poetisa Deslanieve Daspet; “Um canto de Amor”-Mil poemas a Pablo Neruda, organizado pelo poeta chileno Alfred Asis; “Antologia poética –Chile – Tomo I”, organizado pelo Poeta e fundador do Poetas del mundo, Luis Arias Manzo.
Trabalhou 32 anos na Petrobras, hoje sua principal atividade é escrever poesias.
www.josehiltonrosa.recantodasletras.com.br
http://a-internacionalpoetasdelmundo.blogspot.com.br/2012/04/membro-jose-hilton-rosa.html
http://www.caestamosnos.org/autores/autores_j/Jose_Hilton_Rosa.htm

 

OLHOS QUE DIZEM


Naquele dia tudo era escuro.
Depois de passar anos,
tudo é claro como as estrelas,
não dizem.
Mas os raios de luz mostram o caminho.

Nosso anseio é maior quando queremos.
Num piscar de olhos os anos passam.
Ainda ontem vi nascer,
hoje já são tantos.
O número da felicidade!

Nosso viver é uma arte,
e na arte que vivemos.
Como palhaços, fazendo graças para sorrirmos.
O sorriso que alivia nossa dor.
Como um pássaro que canta,
para um surdo.
Somos nós!

José Hilton Rosa

 

27 - JOAQUIM MARQUES

(Vila Nova de Gaia / Porto /Portugal)
Um autodidacta, apaixonado das Artes e das Letras. (pelo artesanato, pintura, música, teatro, passei; Com um pouquinho de todas elas fiquei). Hoje vivo a poesia com exuberância!

 

I M O R T A L


Sob a tumba, meu amor, tu não me busques
Quando a recobres com as mais belas flores!
Nas lágrimas terrenas, teu olhar, não ofusques...
Levanta, vem comigo, e aliviarás tuas dores!

Neste lugar pranteia a viuvez o seu padecer...
Além, a lamúria o desamparo, os sem abrigo;
De mãos dadas vamos reduzir nosso sofrer...
Edificando para a dor, um pouso amigo!

Convertamos a luxúria... Meu amor!
Em terno lenitivo, abafo, pão e vida;
Guiados por uma inspiração Divinal!...

Assim caminharemos unos, dia a dia,
Transmutando a saudade escura e fria...
Num amor abençoado e imortal!

©Joaquim Marques

 

28 - JANE ROSSI

Jane Rossi, Professora por profissão, poeta por opção, pertence a várias Academias de Letras e artes em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, Autora do livro Amargura tem Cura ? pela editora Schoba, Organizadora da Coleção Antologia Alimento da Alma e Antologia Poetas da Escola pela Editora All Print, trabalha o projeto Poetas da Escola na rede Estadual de ensino em Guarulhos - SP já participou de 40 Antologias e foi outorgada com várias medalhas, homenageada em várias Academias de Letras. Representante da Falasp por Guarulhos ( FALASP - Federação das Academias de Letras do Estado de São Paulo). Dama Comendora pela Falasp, Membro correspondente e Chanceler das Letras pela ABLA ( Academia Boituvense de Letras e Artes ). Delegada por São Paulo na Ordem Soberana Principe da Paz, Comendadora e Chanceler da Academia do Santo Patriarca Abrahão de Ciências, Letras e Artes. Baronesa pela Soberana Real Casa Principesca de Kastoria, Ducal de Askos, Teocrática de Haran da Mesopotâmia.Embaixadora da Paz pelo "Cercle Universel des Ambassadeurs de La Paix" Suisse / France
Recanto das Letras
http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=32905
Cônsul por Guarulhos no Movimento Poetas Del Mundo
http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=4486
Mural dos Escritores
http://muraldosescritores.ning.com/profile/JaneRossi
Autora do Portal CEN
http://www.caestamosnos.org/autores/autores_j/Jane_Rossi.htm

 

VENEZA BRASILEIRA


Na Veneza Brasileira, foi lá que desabrochei
Palco de grandes mares, terra que sempre amei
Tem um céu azul anil mostrando a mais bela face
Os seus mares e seus rios tem beleza sem disfarce

Tem história de tristeza e também de valentia
Suas águas cristalinas repletas de calmarias
Tem poetas, escultores, artesãos e escritores
A magia e a fantasia são as fábulas de amores

É uma terra abençoada orvalhada de virtudes
Tem barco da esperança e gôndola de magnitude
Tem sofrimento, tem dor e tem bálsamo nas paisagens
Tem lamento, tem horror, tem sonhos com carruagens

Minha terra tem coqueiros, sapoti, jambo e palmeiras
Riqueza e nobreza de um povo fiel à sua bandeira
Tem orvalho, beija-flor, tem carinho, sol e verão
Tem o manto do amor que abriga meus irmãos.

Jane Rossi

 

29 - JANAINA ROSSI

 

Trinta e duas Primaveras já passaram em sua vida, Paulistana, mas reside em Guarulhos desde que nasceu, fez Psicologia na UNG durante 4 anos; Cursa Gestão financeira e em junho de 2012 conclui o curso. É Universitária da Faculdade ENIAC. Desde pequena Janaina gostava de rabiscar uns versos e a poesia sempre foi sua paixão, herdou o dom mãe Jane Rossi que também não vive sem a poesia. É coautora de todos os volumes da Antologia Alimento da Alma. Faz parte da equipe de autores das Antologias Destaque da Poesia em 2011 onde recebeu homenagem pelo jornalista Ray Nonato em Taubaté, está presente na Antologia Maravilhosas Mulheres em Verso e Prosa com lançamento marcado pra Junho de 2012 no Buffet Fabelle em Taubaté - SP. Janaina foi classificada para estar entre os poetas da Antologia Melhores da Poesia Brasileira.
Membro em Poetas Del Mundo
http://a-internacionalpoetasdelmundo.blogspot.com.br/2012/05/membro-janaina-rossi.html

 

PERSEGUIÇÃO


Quando nasci, minha estrela brilhou
As luzes acenderam-se pra criança que chegou
Alegria e muita festa para esta menininha
Primogênita crescia, forte, linda e espuletinha
Sempre muito estudiosa, logo o tempo passou
Muito ruim em matemática, olha o que o destino armou
Começou Psicologia, mas não conseguia se formar
Fez uma nova tentativa, mais uma vez não conseguiu acabar
E lá veio a matemática de novo a perseguir
Na gestão financeira resolveu se definir
Já com o tempo passado, depois de casar, ter filho
Ainda existia a vontade de formar-se na Faculdade
Agora depois de tempos a menininha lhe escreve
Depois de muito pesar à Faculdade Voltei
E depois de muita luta, Que incrível! Me formei!

Janaina Rossi
Guarulhos - SP

 

30 - KEDMA O'LIVER

Kedma O'liver é mineira, casada, mãe, avó, gadita,... Poeta... “Busco recomeçar a cada manhã, aproveitando o que Deus me dá todos os dias e o que posso oferecer em troca ao meu semelhante sempre”. Participa de vários sites, tem poemas em várias antologias, dois livros solos ("Um Sonho Em Minhas Mãos" e "Gotas De Louvor"), alguns trabalhos voluntários, em preparação do terceiro livro solo e primeiro internacional e faz parte de alguns grupos de poesia na baixada santista.
http://www.recantodasletras.com.br/escrivaninha/publicacoes/index.php
http://br.bing.com/search?q=kedma+oliver&qs=n&form=QBRE&pq=kedma+oliver&sc=0-6&sp=-1&sk=

 

OLHOS DE BARRO


Sangue na terra
lagrimando nevoeiro
e encobrindo o caminho,
espíritos bons e maus,
pesadelos, sons, sonhos...
fios transparentes os unem
nada fica parado.
Enquanto a água escorre
na linha do tempo
a vida segue
escalando sons e imagens...
a criança desperta o sorriso dos deuses,
repousando em almofadas
esquecidas nas curvas do globo;
o homem caminha na gaiola do tempo,
o velho canta a história,
relembrando a magia do viver
espalhando flores
onde ficou suas fantasias...
no velho baú
recordações guardadas
da aurora de seu viver...
e no branco do espelho
reflexos da circunferência do mundo
encenando em seu tablado,
fixado entre o caos e o ocaso,
artes escondidas de mentes
insanas ...
ou não.

Kedma O'liver

 
 
Para índice                     para pág 3                     para 5ª pág.